fbpx
Dicas importantes para dirigir em períodos de chuva
11 de abril de 2019
Como funciona a isenção de imposto em uma compra PCD?
11 de abril de 2019

Como frear de forma segura?

Algumas situações de risco inesperadas podem causar reações instintivas a volante. Por isso, por mais que haja tempo para pensar a reação, é precisa aprender quando e como reduzir a velocidade do veículo com segurança pra evitar acidentes e derrapadas repentinas.

Qualquer falha nesse momento tem o potencial de resultar em um acidente. Além da manutenção regular do sistema de freios existem algumas atitudes do motorista que também influenciam diretamente na eficiência das frenagens. Confira 3 delas:

  • Mantenha uma distância segura

Primeiro de tudo, sente-se na posição correta para que consiga frear com máxima eficiência: o tronco precisa estar ereto e, para medir a distância ideal do banco, o motorista deve conseguir apoiar os pulsos na parte superior do volante.

Para uma viagem segura, uma atitude fundamental é guardar uma margem de distancia de outros veículos para imprevistos. Além disso, em frenagens normais, como em sinaleiros, pise no pedal de forma suave e vá reduzindo as marchas.

  • Não desvie e freie o veículo ao mesmo tempo

Durante uma frenagem, vire suavemente o carro para evitar uma colisão. Porém, não vire todo o volante de uma vez, pois isso pode descontrolar o veículo.  Em algumas situações, quando uma pessoa ou animal surge na frente do veículo, é mais seguro virar o veículo enquanto você aciona os freios.

1 – Frenagem em curva: técnica básica onde você vira o veículo na direção da curva e pisa levemente no freio, fazendo com que ele se incline para frente, pressionando os pneus dianteiros contra o chão e dando mais aderência à direção.

2 – Frenagem arrastada: método de frenagem suave que proporciona controle e mais segurança sobre o veículo.

3 – Parada de emergência: se houver necessidade de parar bruscamente, não deixe de dar toda atenção para os freios. Para veículos sem ABS, freie moderadamente (70%) e, ao mesmo tempo, desfaça um pouco da curva.

  • Freio de mão

O freio de mão garante que o carro não se mova assim que as rodas traseiras são travadas, independente se estiver ligado ou não. Em alguns casos, muitos utilizam o freio de mão para fazer rampas, garantindo que o veículo não irá descer especialmente em casos de engarrafamento. Para evitar dores de cabeça, utilize o freio de mão sempre que sair do automóvel.

Quer receber dicas imperdíveis de segurança e manutenção do seu Renault? Cadastre-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *